Plataforma Para-formal

A Plataforma do Paraformal está quase no ar para o público em geral!

Essa plataforma vem sendo desenvolvida a algum tempo, mas antes de tudo, você sabe o que é para-formalidade?!

Para-formalidade é um termo usado primeiramente por Gehl em 2010 e refere-se a aquilo que está entre a formalidade e a informalidade. Em outras palavras, Gehl descreve a para-formalidade sendo toda atividade (comercial, cultural, moradia, etc) que não faz parte do traçado urbano. Por exemplo, o pipoqueiro, é uma para-formalidade, pois ele não é formalizado como os vendedores em lojas, mas nem informal como a marginalização, ou seja, ele está entre a formalidade e a informalidade. Isso faz dele uma para-formalidade no espaço urbano.

O Prof. Dr. Eduardo Rocha foi quem primeiramente idealizou o projeto. A ideia era criar um espaço virtual onde poderia-se mapear as para-formalidades para que o público que visita-se aquele local, cidade ou região poderia estar em contato com aquelas para-formalidades. Quando ele me chamou, lá no início de 2012, então começamos a trabalhar essa plataforma que tem o intuito de servir como base para o trabalho realizado pela equipe do Cidade+Contemporaneidade.

Para nosso orgulho, a plataforma foi premiada no CIC – UFPel no final de 2012, quando ela ainda nem estava no ar, apenas em um modelo experimental. Isso foi exatamente quando a pesquisa da equipe Cidade+Contemporaneidade foi refina pelo coordenardor E. Rocha. A plataforma, que também é coordenada pelo mesmo, tendo ganhado o prêmio, visto a sua importância dado pela comunidade acadêmia, também se viu necessário mudar sua forma como se comunicava com o público.

De lá para cá trabalhamos para dar um foco maior a plataforma, isso refinou sua aparência e simplificou sua forma de mostrar a para-formalidade ao público. Agora o foco, sendo a etapa final, é construir um espaço que permita as pessoas contribuírem, trabalhando dinamicamente, para atualizar e alimentar a plataforma além das cidades e capturas realizadas pela equipe que dá manutenção.

Acessar a Plataforma 

1f38f9b09a4a5c11e839d7182e5c70c1

Compartilhe com seus amigos!

Leave a Reply